30 de abr de 2012

Nunca Desistir

Deus costuma usar a solidão Para nos ensinar sobre a convivência. Às vezes, usa a raiva para que possamos Compreender o infinito valor da paz. Outras vezes usa o tédio, quando quer nos mostrar a importância da aventura e do abandono. Deus costuma usar o silêncio para nos ensinar sobre a responsabilidade do que dizemos. Às vezes usa o cansaço, para que possamos Compreender o valor do despertar. Outras vezes usa a doença, quando quer Nos mostrar a importância da saúde. Deus costuma usar o fogo, para nos ensinar a andar sobre a água. Às vezes, usa a terra, para que possamos Compreender o valor do ar. Outras vezes usa a morte, quando quer Nos mostrar a importância da vida.

De vez em quando escutamos o seguinte comentário:
“Vivo acreditando em sonhos, muitas vezes procuro combater a injustiça, mas sempre termino me decepcionando”.

Um guerreiro da luz sabe que certas batalhas impossíveis merecem ser lutadas, e por isso não tem medo de decepções – já que conhece o poder de sua espada, e a força do seu amor.
Ele rejeita com veemência aqueles que são incapazes de tomar decisões, e estão sempre procurando transferir para os outros a responsabilidade de tudo de ruim que acontece no mundo.
Se ele não luta contra o que está errado – mesmo que pareça acima de suas forças -  jamais encontrará o caminho certo.
Editor iraniano, Arash Hejasi:
“Hoje uma grande chuva me pegou de surpresa, enquanto eu caminhava pela rua… graças a Deus eu tinha meu guarda-chuva e minha capa. No entanto, ambos estavam na mala de meu carro, estacionado bem longe. Enquanto eu corria para pegá-los, pensava que estranho sinal estava recebendo de Deus: temos sempre os recursos necessários para enfrentar as tempestades que a vida nos prepara, mas na maior parte das vezes estes recursos estão trancados no fundo de nosso coração, e isso nos faz perder um tempo enorme tentando achá-los. Quando os encontramos, já fomos derrotados pela adversidade”.
Estejamos, portanto, sempre preparados: caso contrário, ou perdemos a chance, ou perdemos a batalha.

Autor Paulo Coelho



4 comentários:

  1. Aaaaaaah! Adorei! Esse venho pra mim hje!

    Beijos!!!

    Dps passa no meu novo cantinho, eu fechei o blog amor turco :-( looonga historia :-( :-( :-(

    ResponderExcluir
  2. Olá, amiga parceira Vou-de-Blog! Tudo bem?
    Estou passando p divulgar o meu novo blog: http://minhapaixaoporcabelos.blogspot.com.br/
    Será um prazer receber a sua visita. Agradeço muito se puder me dar uma força e seguir lá tbm.
    Bjos.
    Lu

    www.voudeblog.com

    ResponderExcluir
  3. Texto muito bonito, obrigada pela visita.
    Tenha um dia lindo! Beijinhos
    PS: Venha sempre que quiser

    ResponderExcluir
  4. parabéns, muito legal mesmo.
    espero que voce faça mais postagens essa semana.
    beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela atenção.