30 de out de 2012


Imagem: weheartit

Que pena que não sou como você imaginava
E que tudo que você pensou em conseguir não deu certo
Que pena que as pessoas não te aceitaram como você é
E que tudo que um dia você comprou não serviu para nada
Que pena que os ingressos para o cinema venceram sem você conseguir levar alguém
E que o filme já não está mais em cartaz
Que pena que a chuva começou a cair
E que a foto estava na rua e tudo que sobrou foram papéis rasgados
Que pena que lembranças só estão no passado
E que tudo que já foi não volta
Que pena que a festa acabou
E que tudo que sobrou foram cansaço
Que pena que a moda já não está mais em alta
E que se arrepender não da em nada
Que pena que o notebook pifa
E que tudo que tinha salvado foi em bora
Que pena que o cupido não soube nos acertar
E que tudo que ele mira vai para o espaço
Que pena que a lua só aparece uma vez por dia
E que tudo que ela representa é a escuridão
Que pena que eu não sou a perfeição
E que tudo que você penso é que sou maluca...

Autora: Carol Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela atenção.